17
Fev 09
publicado por Paulo Jerónimo, às 13:10link do post | comentar

 

Árbitro: Jorge Faustino, auxiliado por Bruno Lopes e Nicolau Rodrigues.

 

Guiense: Rodolfo; João do Toco, Gonçalo (cap.) (Bocas, 70’), Gata e Tiago Silva; Pedro Dias, Sopas e Sandro; Tiago Marques (Joni, 60’), Luís Simões (Fabinho, 60’) e Luís Cláudio.
Treinador: José Godinho.
 

Portomosense: Sérgio; Gigas, Órfão, Dário e Morgado; Hugo (cap.), Elton e Juliano (René, 70’); Jackson (Rodrigo, 60’), Bruno e Joel (Ferraz, 60’).
Treinador: Rui Bandeira.
 

Golos: 0-1 (Bruno, 40’), 0-2 (Rodrigo, 63’)
Disciplina: Cartão amarelo a Sandro (55’), Sopas (77’) e Joni (80’); Elton (33’).

 

Resultado ao intervalo: 0-1 | Resultado final: 0-2
  **************************

Na recepção ao líder da divisão de honra do distrital de Leiria, o Grupo Desportivo Guiense não conseguiu evitar a derrota, num jogo em que a equipa de Porto de Mós foi mais eficaz e venceu por 0-2.
Durante a primeira parte o equilíbrio foi a nota dominante e as oportunidades de golo praticamente inexistentes, excepção feita ao lance ocorrido ao minuto 40’, altura em que Bruno marcou para o Portomosense na conversão de um livre directo em zona frontal.
Ao intervalo o resultado era pesado para a equipa da Guia e espelhava a maior eficácia da turma de Rui Bandeira.


Na segunda metade foi o Portomosense que voltou a marcar, à passagem do minuto 63’, num lance em que a defensiva do Guiense não conseguiu tirar a bola da zona perigosa, Rodrigo apareceu em zona frontal e, com espaço para o remate, atirou para o segunda golo da sua equipa.


A perder por 0-2, a equipa de José Godinho reagiu bem, teve várias ocasiões para marcar, com realce para os lances protagonizados por Sopas e Luís Cláudio, mas uma vezes por falta de acerto na finalização, outras por mérito do guarda redes Sérgio, o resultado acabou por não sofrer alterações.
No final, um resultado que premeia a maior eficácia na finalização da turma de Rui Bandeira que assim continua o seu caminho rumo à 3ª Divisão Nacional, enquanto que o Guiense procura o rumo das vitórias que poderá surgir já no próximo domingo, para a taça, frente ao Pilado e Escoura.


Trabalho positivo do trio de arbitragem liderado por Jorge Faustino.

 

por Filipe Ruivo (ODERBIE)


06
Fev 09
publicado por ADP, às 20:01link do post | comentar

No passado sábado 31 de janeiro, encontraram-se no Estádio Municipal de Porto de Mós a equipa do Portomosense e Lousanense para mais um jogo da 2ª Divisão Campeonato Nacional de Juniores.

No inicio da primeira parte,  ambas as equipas praticaram um futebol algo  "atabalhoado", e é a partir dos 15' que a equipa da casa se começa a mostrar mais ofensiva proporcionando várias oportunidades na baliza adversária, uma delas aos 30' , um  bom passe a “rasgar” de Filipe que isola Renato, este rematando, passando a bola junto ao poste da baliza adversária. Mais  3 minutos e  Afonso finta o guarda redes, mas vale um defesa em linha linha com a baliza que tira o golo à equipa da casa. 

É aos 34'  que surge o primeiro golo da partida numa boa jogada com a excelente abertura de Alex para uma boa recepção de bola de Afonso na cara do guarda redes que assim marca o primeiro golo.

A equipa visitante demora a reagir, só aos 42'  é que apresenta uma jogada de perigo, que lhe cede o seu primeiro canto.  Ainda na primeira parte o jogador portomosense Rui Basílio “Nico”  , foi expulso por acumulação de amarelos. Saiu-se para intervalo com 1-0 para a ADP.  

 

Na segunda parte, o treinador Miguel Pardal substituiu Renato por Luís Carreira, para reforçar o meio campo, uma vez que jogavam com menos um jogador. 

E em apenas 4 minutos de jogo do segundo tempo, numa boa desmarcação do nº10 da casa sai  o segundo golo com um remate cruzado. 

Aos 78' do jogo Miguel Pardal substitui Fábio Pedro por Zé Miguel e aos 80' o treinador da equipa visitante responde lançando mais um jogador para o ataque substituindo o nº 20 pelo 16.

Mas era a ofensiva do Portomosense que continuava a superiorizar-se, criando várias oportunidades de golo, uma delas com um arranque fulminante de Filipe pelo lado esquerdo, cruzando para o centro da área encontrando Zé Miguel que acaba por mandar a bola que passa perto do poste esquerdo da baliza adversária.

 

A equipa visitante ainda chegou a introduzir a bola na baliza da ADP mas o árbitro auxiliar já estava com de bandeirinha no ar indicando fora de jogo.

________________ 

Opinião dos técnicos:

 Treinador Portomosense: "Apresentava-se um jogo com grande dificuldade apesar de ser contra o ultimo classificado, que era o lousanense. 

O lousanense vinha fazer em termos de resultados - embora perdendo -  vinha a fazer bons jogos. Portanto nós víamos este jogo com enorme dificuldade porque esperavamos uma equipa fechada procurando jogar no contra ataque. Era para nós de  extrema importância, porque faltam três jornadas para acabar o campeonato, estamos na terceira posição, e era insencial ganhar hoje este jogo”.

 

Treinador  Lousanense: “Primariamente, o jogo ficou condicionado pelo estado do relvado. Foi um bom jogo, que acobou por ser decidido por dois lances de desantenção da minha equipa com duas bolas metidas nas costas da defesa que acabaram por fazer dois golos. Mesmo com 10 jogadores não chegamos a marcar qualquer golo, se tivéssemos feito um golo a partida seria relançada. Se fizermos uma análise ao jogo é de realçar que o portomosense não foi um justo vencedor da partida.”

 

 Crónica e fotos por Jackson e Carolina

(estagiários de desporto)

 


02
Fev 09
publicado por Paulo Jerónimo, às 20:05link do post | comentar

 

Árbitro: Ricardo Martinho (AFLeiria)

 

Portomosense: Sérgio, Pedro Órfão, Pedrito, Morgado, Paulo (55' Joel), Elton (74' Quim-Quim), Rodas (45' Jackson), Juliano, Hugo Almeida, Bruno Francisco, Ferraz
Treinador: Rui Bandeira | Cartões amarelos: ---

Fig.º Vinhos: João Pedro, Bruno Rosa (89' Napoleão), Renato, Palheira, Silveiro, Rafa, Tó Alves, Beto (79' Russo), Tendinha, Lito (55' João Pais), Futre

Treinador: Paulo Neves | Cartões amarelos: Tó Alves (60'); Palheira (74')
Marcadores: ADP: Juliano (29'), Ferraz (33') | SDRP: Futre (28' GP)

 

Resultado ao intervalo: 0-1 **** Resultado final: 2-1

 


Foi um jogo bastante emotivo aquele que se viu ontem no Estádio Municipal de Porto de Mós, com muitas bolas à barra/poste e com duas grandes penalidades assinaladas. Frente a frente estiveram duas equipas que, apesar da discrepância na classificação, não deixam margens para dúvida da sua experiência no futebol. O jogo começou com ambas as equipas a trocar a bola no seu meio campo mas os primeiros minutos serviram para "palpar terreno" e a primeira jogada de ataque digna de registo só surgiu ao minuto 20 onde, na sequência de um canto, Pedrito cabeceou e acertou na barra.

 

A equipa da casa pegou no jogo nos minutos que se seguiram e aos 25', Morgado remata forte dentro da área mas o guardião João Pedro estava atento e estirou-se defendendo para canto. Na marcação do mesmo a bola sobra para Elton que, à semelhança de Pedrito, cabeceia acertando na barra! A bola acabou por sobrar para a equipa forasteira que, destemida, partiu ao ataque.

 

Decorria o minuto 27 quando o defesa da casa, Paulo, cortou alegadamente a bola com a mão dentro da área. Um lance que suscitou dúvidas ao juiz Ricardo Martinho mas que o seu assistente não teve pudor em assinalar. Futre foi chamado a converter e perante Sérgio, não vacilou e abriu o marcador. Aos 32' Juliano sofreu uma falta na entrada da área e bateu um livre de belo efeito que levava selo de golo, não fosse o guarda-redes estar, mais uma vez, no sítio certo. Até ao intervalo surgiram inúmeras oportunidades para a equipa de Rui Bandeira igualar o resultado mas a sorte não estava para aí virada. Destaque para o minuto 40 onde surge alguma confusão na área: Elton cabeceia, João Pedro defende; na recarga Morgado remata e a bola bate em Renato!


 

No segundo tempo Bandeira colocou Jackson em campo para que a pressão atacante sobre o adversário fosse maior e, coincidência ou não, aos 8 minutos, Ferraz sofre uma falta dentro da área e é apontada a marca de grande penalidade. O 25 do Portomosense, Bruno Francisco, foi chamado a converter mas, por sorte ou sabedoria, João Pedro estava inabalável e defendeu. Já se adivinhava que a equipa da casa teria de "entrar com tudo" para virar o resultado, e de facto foi o que se verificou. Aos 14' Jackson cruza do lado esquerdo para Joel mas, na cara do guarda-redes, enviou a bola por cima da barra. Aos 18' Pedro Orfão cruza do lado esquerdo mas a bola sai com efeito e quase engana João Pedro que estava batido não fosse a bola embater de novo na barra! Ainda o mesmo Pedro Orfão aos 23' remata com força à entrada da área mas a bola bate, adivinhe-se onde... no poste! Nas bancadas já ninguém queria acreditar em tamanha falta de sorte ou excesso de azar! Logo de seguida e quando quase toda a equipa da casa estava no meio campo atacante, Tendinha aproveita um mau passe de Sérgio mas a bola saiu picada para fora.

 

E tanta vez vai o cântaro à fonte que um dia lá fica... Juliano consegue igualar o marcador aos 29' após uma jogada com algumas tabelinhas dentro da pequena área. Com garra de quem não quer perder pontos em casa, a turma de Rui Bandeira pressionou a equipa do norte do distrito e aos 33', Juliano cruza para Ferraz (na época transacta alinhou pelo Fig. Vinhos) que fuzilou João Pedro de cabeça.

 

 

Até ao final da partida, a equipa de Paulo Neves ainda tentou tirar partido de dois livres à entrada da área de Sérgio, mas sem sucesso.

A equipa do concelho de Porto de Mós teve de deixar tudo dentro de campo para conseguir arrecadar os 3 pontos.Quanto à turma de Paulo Neves, tentou jogar um futebol directo cimentado por um bom quarteto defensivo, deixando até alguns adeptos admirados da posição que ocupam.

Quanto aos juízes da partida, e retirando os lances de grande penalidade que foram algo contestados por ambas as equipas, o trio de arbitragem esteve à altura do encontro.

_____________

por Marisa Gois

fotos: PauloCésar

#: Custou mas foi!

pesquisar
 
arquivos
2019:

 J F M A M J J A S O N D


2018:

 J F M A M J J A S O N D


2017:

 J F M A M J J A S O N D


2016:

 J F M A M J J A S O N D


2015:

 J F M A M J J A S O N D


2014:

 J F M A M J J A S O N D


2013:

 J F M A M J J A S O N D


2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


blogs SAPO