26
Mar 09
publicado por ADP, às 14:55link do post | comentar

Declaração do Presidente da Direcção da Associação Desportiva Portomosense, em Assembleia Geral Ordinária

 25 Março de 2009

  

Boa noite a todos os presentes.

 

Antes de mais, gostaria de agradecer a presença de todos, para mais uma Assembleia da nossa ADP,  realizada em momento complicado da nossa economia e com reflexos significativos para o futuro da Instituição.

Quando a actual estrutura directiva da Associação foi empossada em Março de 2007, foi nossa preocupação inicial, o combate à grave situação financeira em que a ADP se encontrava, em detrimento de qualquer resultado desportivo, que embora importante para a história da Instituição, poria em causa toda a sua estrutura, sendo que essa preocupação, atendendo à situação económica actual se torna ainda mais relevante, que leva a que todos os atletas de escalões de formação, e por estratégia da Direcção terão de contribuir de uma forma que consideramos simbólica, para que possam continuar a usufruir do que a ADP tem para oferecer, entre outras medidas que achamos puderem ser relevantes para essa mesma recuperação. Podem questionar o porquê dessa contribuição, uma vez que o Município contribui com subsídios para esses mesmos escalões de formação, só que esses mesmos subsídios, servem para pagar tão somente as inscrições de atletas, pagamento a motoristas e combustíveis, tudo o resto tem de ser suportado pela Instituição, não tendo esta, a capacidade financeira para fazer face a esses encargos, bem como, o amor à camisola de há muitos anos atrás, vai ter de ser a bandeira de todas as equipas seniores da ADP.

 

Ao longo destes 2 anos de mandato, tentei juntamente com todos os outros elementos da Direcção que me acompanharam, aos quais agradeço desde já, não nos podendo esquecer que todos somos amadores e que estamos de coração na Instituição, em detrimento da nossa vida pessoal, bem como a todos que de uma forma ou de outra colaboram com esta Direcção, reestruturar os serviços administrativos em todas as vertentes da Instituição, sabendo no entanto, que nesse campo, ainda existe um longo caminho a percorrer. Reconheço que se fizeram coisas bem feitas, e outras nem tanto, mas esteve presente acima de tudo, o que no nosso entender era o melhor para a ADP.

Numa Instituição como esta, onde estão envolvidas directa ou indirectamente mais de 1000 pessoas, de todo o Concelho de Porto de Mós, temos a consciência que não conseguimos agradar a todos, mas em momento algum fugimos às nossas responsabilidades ou deixámos de cumprir com maior ou menor dificuldade o que se propusemos fazer no inicio do nosso mandato.

 

Errámos, se calhar mais do que aquilo que queríamos, mas sempre demos a cara em tudo aquilo que correu menos bem, e tentámos reparar os erros da melhor forma possível, tendo consciência que em todos os momentos o fizemos dando o nosso melhor.

Quando aqui chegámos, tínhamos valores a regularizar de exercícios anteriores, que rondavam os 500.000 euros, que felizmente conseguimos reduzir já neste exercício de 2008, em 200.000 euros. Tínhamos perante nós, além do referido valor, dividas superiores a outros 500.000 euros, além de diversos processos em Tribunal, onde aliás, ainda corre um desses processos, estando nós neste momento a aguardar a sentença, tendo ainda, no campo financeiro recuperado em termos de dividas mais de 150.000 euros

Conseguimos manter os postos de trabalho dos funcionários, numa altura tão conturbada como a que atravessamos, tendo ainda criado outros com vista ao bom funcionamento da ADP, em todas as áreas de acção da Instituição.

 

Ao longo deste tempo, sentimos o apoio de várias empresas e Instituições do nosso Concelho, onde destaco a Caixa Agrícola e o Município de Porto de Mós, que de uma forma ou outra nos têm ajudado dentro das suas possibilidades.

Adquirimos 3 viaturas novas, uma para o serviço de refeições, uma para a parte desportiva, e ainda um Autocarro, que nos permitem continuar a prestar um bom serviço à comunidade, e ajudar no crescimento da ADP.

Decorrem obras de melhoramento nas instalações do Centro de Formação, pois necessitávamos de uma arrecadação condigna para os bens alimentares, bem como um posto médico e sala de recuperação física, que para além de servirem todos os atletas, pensamos ser uma mais valia também para todos os associados.

Tínhamos uma empresa onde raramente se cumpriam as normas legais para o seu bom funcionamento, tendo também nesse campo, intervido de forma coerente e eficaz, dotando essa empresa de tudo o que é necessário para que em momento algum, estivéssemos a infringir o que quer que fosse em termos legais.

 

Os nossos funcionários têm presentemente formação contínua, nas mais diversas áreas, bem como acompanhamento médico sempre que necessário e exigido.

Tentámos acima de tudo devolver a credibilidade à Instituição, continuar a desenvolver a actividade física e desportiva dos nossos jovens, bem como continuar a desempenhar um bom serviço à população nas restantes áreas onde a ADP intervém.

O momento que atravessamos não é nada fácil, no entanto muito ainda há que fazer, e esperamos que as forças vivas do nosso Concelho .continuem a apoiar esta Instituição, que tão bom serviço tem prestado a toda a população do Concelho de Porto de Mós, sendo por muitos considerado o aliado nº 1 do Município, para o desenrolar de todas as suas actividades.

 

Peço e para finalizar, mais apoio por parte dos nossos associados, não em termos monetários, pois a situação é difícil para todos, mas na sua presença, no seu apoio a todos quantos estão envolvidos neste projecto, sejam eles directores, funcionários, atletas de todas as modalidades da ADP, pois todos somos poucos para conseguir levar este barco que é imenso, a bom porto.

A ADP está viva, mas só com o apoio de todos é que ela existirá.

Eu acredito nesta causa tão nobre que é a Associação Desportiva Portomosense, espero que todos vós acreditem também.

Luís Costa 


pesquisar
 
DADOS & DOWNLOADS
arquivos
2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


2005:

 J F M A M J J A S O N D


2004:

 J F M A M J J A S O N D


2003:

 J F M A M J J A S O N D


2002:

 J F M A M J J A S O N D


2001:

 J F M A M J J A S O N D


2000:

 J F M A M J J A S O N D


blogs SAPO